Natal

icon-desk-cama@2x Created with Sketch. Onde ficar
icon-desk-mapa@2x Created with Sketch. Como chegar
icon-desk-calendar@2x Created with Sketch. Quando ir
icon-desk-star@2x Created with Sketch. Passeio de barco
icon-desk-star@2x Created with Sketch. Passeio de Buggy
icon-desk-star@2x Created with Sketch. Noite em Natal
icon-desk-talher@2x Created with Sketch. Onde Comer
icon-desk-star@2x Created with Sketch. Praias
icon-desk-mapa@2x Created with Sketch. Roteiros

Saiba como aproveitar tudo o que a capital potiguar tem a oferecer

Você já conhece Natal? A capital do Rio Grande do Norte é a terra do sol, dos passeios de buggy e de praias prontas para deixar qualquer um de queixo caído.

Com o melhor da cultura nordestina, é uma cidade cheia de vida e super receptiva, prometendo dias divertidos e cheios de surpresas para quem decide visitá-la. Mas se você ainda está em dúvida sobre planejar sua viagem para Natal, vamos te ajudar a conhecer mais sobre os charmes da Cidade do Sol. Para isso, preparamos um guia completo com o que fazer em Natal.

O que dizer de Natal?

imagem aérea da cidade de Natal

Natal, no Rio Grande do Norte, leva esse nome exatamente por ter sido fundada em 25 de dezembro de 1599 às margens do Rio Potengi. 

Natal já foi território Holandês, sede da Companhia das Índias Ocidentais e base militar para soldados norte-americanos durante a Segunda Guerra Mundial. Conhecida como Cidade do Sol, a cidade brilha o ano todo, com temperaturas agradáveis e poucos períodos de chuva. 

Além disso, Natal é uma das poucas áreas do Rio Grande do Norte que ainda abriga vegetação da Mata Atlântica, no Parque Estadual das Dunas – que inclusive é reconhecido pela UNESCO como Patrimônio Ambiental da Humanidade desde 1993.

Com algumas das praias mais bonitas do Brasil, Natal é uma cidade diversa, rica e um destino de férias perfeito para todas as idades e gostos. 

Melhor época do ano para visitar Natal

barcos na areia no mar em Natal/RN

Natal é uma cidade conhecida por fazer muito calor o ano todo. Nos meses de Junho e Julho, a temperatura é um pouco mais baixa e as máximas variam entre 27 a 29ºC, o que ainda é considerado quente. 

Em relação ao período de chuvas, esse ocorre entre os meses de Fevereiro e Agosto. Assim, quem prefere curtir a praia e dias ensolarados deve optar por visitar a cidade entre Setembro e Janeiro. 

Leia também: Quando ir a Natal?

Quanto custa viajar para Natal

ponte Navarro em Natal, Rio Grande do Norte

 

O valor da viagem para Natal varia muito conforme o estilo de turismo. Muitos dos passeios e pontos famosos são de acesso gratuito, como as praias e algumas dunas. No entanto, algumas atrações mais deslumbrantes demandam certos gastos, podendo variar entre a entrada de R$2,00 (no caso do Parque das Dunas) e R$500,00 (para um passeio de Buggy pela região). 

Os valores de hospedagem também são variados, e uma diária pode ir de R$300,00 a R$1.500,00, podendo variar ainda entre a baixa e alta temporada. 

O ideal é que você analise o que há para fazer em Natal e monte seu roteiro para, a partir disso, calcular o valor a desembolsar em sua viagem.

Ah, e não se esqueça do valor das passagens para Natal: eles também variam conforme temporada e companhia aérea. Confira algumas opções abaixo.

Como chegar em Natal?

vista aérea da cidade de Natal, Rio Grande do Norte

O Aeroporto Internacional de Natal Governador Aluízio Alves, principal porta de entrada do estado, fica na cidade de São Gonçalo do Amarante, a cerca de 40 km dos bairros de Ponta Negra e Costeira, onde se concentram grande parcela dos hotéis de Natal. 

Para quem viaja com a família ou grupo de amigos, vale a pena acionar um táxi ou aplicativo de transporte, os preços são parecidos. 

Por outro lado, quem está sozinho pode pegar uma das várias vans compartilhadas que saem do aeroporto ou até mesmo embarcar no ônibus circular, que passa de hora em hora.

Aos que optaram pela viagem de ônibus, saibam que a rodoviária fica perto dos bairros hoteleiros, a aproximadamente 15 km. De lá, é possível dar um pulinho em Pipa e Aracati, e outras capitais, como João Pessoa e Recife. 

Leia mais: Como chegar em Natal? 

Onde se hospedar em Natal

pousada em Natal, Rio Grande do Norte

Um dos locais favoritos dos turistas é a região de Ponta Negra. Por ali, você fica perto da praia de mesmo nome e, também, do Morro do Careca. A região não tem prédios, apenas casas, dando um ar de interior ao local.

Na região há vários hotéis executivos localizados na Avenida Roberto Freire. 

Se você prefere resorts e não abre mão de paisagens deslumbrantes, a Via Costeira é uma excelente opção. No entanto, saiba que para conhecer a cidade, precisará de carro, uber ou táxis. 

Leia também: Onde ficar em Natal

Principais atrativos de Natal

O que não pode ficar de fora do seu roteiro por Natal!

Morro do Careca

Um dos cartões postais da cidade, o Morro do Careca é uma duna com mais de 100 metros de altura, cercada de vegetação bem verde, que marca a paisagem da Praia de Ponta Negra. Apesar de não estar mais aberta para a visitação, o Morro do Careca ainda encanta e diverte os turistas.

Forte dos Reis Magos

O Forte começou a ser construído em 1598 como forma de proteger o território de invasões estrangeiras e marca o início da cidade de Natal. Com a visita guiada você conhece mais da história do local, vê de pertinho os canhões originais, conhece a capela com a água doce e o Marco de Touros, o documento histórico mais antigo do Brasil

Parque das Dunas

Diversão garantida para todas as idades, o Parque das Dunas tem três trilhas com diferentes níveis de dificuldade. Por lá você ainda encontra uma área com brinquedos para crianças, lagoas, oficina de educação ambiental, um centro de pesquisa e os famosos passeios de buggy!

Maior Cajueiro do Mundo

A apenas 12km de Natal, no município de Parnamirim, você tem a chance de conhecer o maior cajueiro do mundo. Estima-se que a árvore gigantesca tem o tamanho de um campo de futebol (ou seja: incríveis 8,5 mil metros quadrados!) e dá frutos para a colheita do que varia entre 70 e 80 mil cajus anualmente. Prontinho, você sabe o que fazer em Natal em agosto, setembro, outubro, novembro, dezembro ou outros meses de sua preferência.

Onde comer em Natal?

camarão na madeira em Natal

A culinária da capital é sensacional. Afinal, ela une a tradição do sertão com as delícias do mar. E o lugar perfeito para comer frutos do mar se chama Camarões Potiguar, restaurante considerado atração turística da cidade. 

Existem duas unidades para desfrutar das mais de 30 receitas elaboradas com camarão, as duas ficam em Ponta Negra. 

Se o objetivo é provar a típica carne de sol, vá até o Tábua de Carne. E não esqueça de pedir com todos os acompanhamentos para que a experiência seja completa. Para provar de tudo um pouco, que tal escolher o rodízio de petiscos?

Assim como o Camarões, o Tábua também tem duas unidades. Uma em Ponta Negra e outra na Via Costeira. 

Depois de um longo dia de passeios, uma pizza vai muito bem, não é mesmo? Em Natal, recomendamos a Cipó Brasil, que é conhecida por sua massa fina e bastante recheio. Para acompanhar, chame o garçom e peça a carta de vinhos ou pergunte quais caipifrutas estão disponíveis. A Cipó fica no badalado bairro de Ponta Negra. 

Por fim, se você está em Natal e quer comer um prato Masterchef, passe no La Brasserie de la Mer, que tem cardápio elaborado pelo renomado chef francês Erick Jacquin. O restaurante está situado em Ponta Negra.

Vida noturna em Natal

imagem de Natal a noite

Começando pelos bares, o Taverna Pub possui decoração inspirada nos tempos medievais. Lá é o lugar ideal para escutar música ao vivo, tomar um drink ou uma cerveja e beliscar petiscos. O estabelecimento, que fica em Ponta Negra, abre de segunda a sábado após às 19h.

Saindo de Ponta Negra, chegamos a Chopperia Petrópolis, no bairro homônimo. O bar é conhecido pela tradicional “Terça da Ostra” e pelas atrações musicais. Sem esquecer das promoções de bebidas, perfeitas para quem busca economizar. 

Agora, vamos às baladas! Funcionando desde 2006, a Casa de Forró Rastapé possui cinco bares e três ambientes para dançar e se divertir na noite potiguar. Se você busca forró, resenha e paquera, vá até o Rastapé em Ponta Negra. 

Enquanto isso, o Whiskritório é mais eclético, tem funk, pop, música eletrônica, rock e, claro, forró, piseiro e pé de serra, para dançar coladinho. O lugar fica no bairro de Capim Macio e abre de quinta a sábado e vésperas de feriado sempre a partir de 20h. 

A seguir, dois lugares para quem quer curtir e economizar. O primeiro deles é um passeio pela orla da bela Praia de Ponta Negra. O segundo é conhecer a rua Chile, no bairro da Ribeira. O lugar oferece passeios históricos, espaços culturais, shows e várias outras atrações relacionadas à cultura local. 

Agora, você já sabe o que fazer em Natal à noite

O que fazer na cidade gastando pouco

águas na praia em Natal

O que fazer em Natal, uma das principais capitais do Nordeste, sem gastar muito? Confira as nossas dicas! Selecionamos três atrações econômicas. 

Conhecer a Fortaleza dos Reis Magos, na Praia do Meio, é uma boa opção para quem quer economizar. A edificação militar foi construída em 1599, uma das primeiras da cidade. A entrada custa R$ 5,00 e R$ 2,50 para estudantes. 

Depois disso, vá até o belíssimo Parque das Dunas, uma enorme reserva de Mata Atlântica. Antes de ir rumo ao Bairro do Tirol, onde fica a atração, passe no mercado e compre guloseimas para um piquenique. 

Aos que gostam de caminhadas, o Parque das Dunas possui duas trilhas, a Peroba e a Perobinha. Além disso, todo domingo tem atividades culturais por lá. O preço da entrada é simbólico, apenas R$ 1,00. 

Também selecionamos um passeio para os pequenos, a Cidade das Crianças. A atração possui 5 mil metros quadrados de pura diversão. Tem pedalinho, parquinhos, biblioteca e até mesmo alguns pocket shows infantis. Tudo isso por R$ 2,00. 

O que fazer em 7 dias em Natal?

Imagem da praia em Natal

É possível fazer muita coisa em Natal durante uma semana. Esse roteiro é para você, que quer saber o que fazer em Natal em 5 dias ou mais.

Dia 1 – Chegada

vista aérea de Natal

No primeiro dia, caminhe pela região da hospedagem, visite a praia mais próxima e recarregue as energias da viagem para muitas aventuras e passeios. 

Dia 2

igreja de Natal

Agora que já se familiarizou com sua região, faça um City Tour pela cidade, visite o Aquário de Natal durante o dia e, à noite, aproveite um jantar delicioso no Restaurante Camarões. 

Dia 3

Maior Cajueiro do Mundo

Separe um dia para fazer um passeio turístico mais versátil. Comece conhecendo o Maior Cajueiro do Mundo. Depois, dê um mergulho na Praia de Camurupim e na Lagoa de Arituba. Com tantas experiências, é importante reabastecer as energias, e o Restaurante Tábua de Carnes é uma boa parada para almoço ou jantar.

Dia 4

 

Maracajaú

Foto: Otávio Nogueira, Flickr

Visite a Praia de Maracajaú. Vá em um passeio de lancha e aproveite o mar azul e transparente. Mergulhe pela costa de corais, uma das maiores Áreas de Proteção Ambiental (APA) brasileiras. Ao fim do dia, descanse para recompor as energias para o dia seguinte.

Dia 5

Tire uma parte do dia para conhecer a praia e o vilarejo de Pipa. Veja golfinhos de perto na Baía dos Golfinhos e aproveite a água de côco na Praia do Amor. O vilarejo de Pipa possui boas opções gastronômicas, então você pode comer por ali mesmo. À tarde, compre lembranças no Centro de Artesanatos.

Dia 6

mulher andando de buggy

Você não pode ir embora de Natal sem fazer um passeio de Buggy e visitar a praia de Genipabu. 

Dia 7

Ondas do mar

Antes de embarcar de volta para casa, não deixe de dar um último mergulho no mar de Natal na praia que você mais gostou. 

Agora que você já sabe o que fazer em Natal, compre sua passagem e reserve sua hospedagem ou já tenha tudo na mão com um pacote completo para Natal!

Deixe um Comentário